Demografia

Entender a configuração de uma população é algo necessário em virtude de diversos aspectos, por isso para realizar estudos sobre esse tema é preciso considerar conceitos demográficos que servem para observar as carências em determinados seguimentos sociais. Desse modo a população pode ser: ABSOLUTA, que corresponde ao número total de habitantes de um determinado lugar (município, estado, país, continente); ou RELATIVA, que é a própria DENSIDADE DEMOGRÁFICA, ou seja, o resultado do total de habitantes dividido pela área territorial.

Exemplo: O Japão possui uma área de 372.812 km e uma população de 127,9 milhões de habitantes.

D= nº de habitantes ÷ área
D= 127,9 milhões de habitantes ÷ 372.812 km2

D= 341 habitantes por quilômetro quadrado (km2).

Países com elevado número de população absoluta são considerados POPULOSOS, no entanto, se analisarmos o número de habitantes por quilômetro quadrado e se esse resultar em números baixos, o país é denominado de restritamente ou intensamente POVOADO.

Outro fator analisado no estudo da população é quanto às taxas de natalidade ou percentual de nascimentos.

A Taxa de natalidade é calculada através da divisão entre o número de nascidos vivos pelo número da população absoluta ou total.

Taxa de natalidade = número de nascidos vivos ÷ população absoluta

A Taxa de mortalidade é o resultado da divisão entre o número de óbitos e a população absoluta.

Taxa de mortalidade = número de óbitos ÷ população absoluta

Taxa de fecundidade – corresponde às estimativas em relação ao número de filhos que uma mulher pode ter ao longo do período de fertilidade, entre as idades de 15 e 49 anos. Esse processo é interessante para saber a quantidade de filhos ou média do mesmo para cada mulher.

Crescimento populacional – representa o crescimento vegetativo que é calculado a partir da subtração entre o número de nascidos em um ano pelo número de óbitos no mesmo período. Desse modo, se uma cidade possui 1.000 habitantes e em um ano houver 30 nascimentos e 13 falecimentos, o cálculo é feito da seguinte forma:

Crescimento vegetativo = 30 nascidos (-) 13 mortos
Crescimento vegetativo= 17

A partir desse resultado fica claro que houve crescimento, pois esse foi positivo.

O crescimento populacional não se baseia somente no número de nascimentos e de falecimentos, é preciso levar em consideração a taxa de migração, pois há um grande fluxo migratório (pessoas saem do país enquanto outras entram), essa variação corresponde à taxa citada a cima, ou seja, a diferença entre imigrantes e emigrantes.

Os 10 países mais populosos do mundo em 2019:

1º- China:  1,433 bilhões 


Top 10 países mais populosos do mundo - China

Em primeiro lugar dos países mais populosos do mundo, a China obteve um crescimento moderado nos últimos anos, causado pelo rigoroso controle de natalidade implementado pelo governo. Desde 1979 era permitido ter apenas um filho por casal, havendo algumas exceções para ter dois filhos, mas desde 2016 a política foi mudada definitivamente para dois filhos, devido a um problema de envelhecimento da população. Depois disso no mesmo ano houve um crescimento da natalidade, mas em 2017 houve uma redução e se manteve em 2018 e 2019. Devido a cultura de um filho ter sido enraizada nos chineses e para se evitar consequências negativas, como a falta de mão de obra jovem, há um relato de que o governo estaria encerrando o seu controle populacional no país. A China com os seus 1,433 bilhões de habitantes representam cerca de 18% da população mundial e mesmo antes do primeiro censo realizado, se sabe que o país tem sido o mais populoso do mundo há vários séculos.

Pequin – capital

Resultado de imagem para beijing

2º- Índia: 1,366 bilhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Índia

A Índia é o segundo dos países mais populosos do mundo com quase um quinto da população mundial, mas as previsões futuras revelam que esse quandro mude muito em breve, podendo ficar em primeiro nos próximos anos. Um dos principais fatores que elevaram o crescimento foi que nas últimas décadas, houve um avanço na saúde pública e na produção agrícola. A população indiana dobrou desde 1975, passando a ter mais de 1,366 bilhões de habitantes e a população estimada para 2030, é que chegue a ser o primeiro país a atingir a marca de um bilhão e meio de habitantes, podendo chegar a 1,7 bilhões em 2050.

Delhi – capital

Nova Délhi | Viagem e Turismo

3º- Estados Unidos: 329 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Estados Unidos
A população dos Estados Unidos apresenta um crescimento constante pela sua boa expectativa de vida e elevada imigração, principalmente de latino-americanos e asiáticos. A população americana quase quadruplicou no século XX, passando de 76 milhões em 1900, para 281 milhões em 2000 e é um país que tem o seu aumento populacional bastante projetado. Hoje tem uma população de mais de 329 milhões de habitantes e metade das crianças já fazem parte das minorias raciais e étnicas e até 2045, a população de brancos descendentes de europeus, cairá para menos da metade. As Nações Unidas projetam para 2050 uma população de 402 milhões.

Washington – capital

Vista aérea da Casa Branca - Foto: Nilington Li

4º- Indonésia: 270 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Indonésia

A população da Indonésia cresceu muito mesmo após uma política de planejamento familiar ter sido adotada algumas décadas atrás. É bastante provável que daqui a algumas décadas esse país ultrapasse os Estados Unidos. Houve um esforço para que o programa de planejamento familiar fosse revisto para que a Indonésia não se tornasse no futuro o terceiro maior país do mundo, mas essa ideia foi embargada devido a questões religiosas. A Indonésia é o país que possui a maior quantidade de ilhas do mundo, são milhares e sua população é de mais de 270 milhões de habitantes.

Jakarta – capital

Where to Stay in Jakarta: Best Areas and Neighborhoods | The ...

5º- Paquistão: 216 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Paquistão

O Paquistão teve um aumento bastante significativo desde o último levantamento populacional. Esse país asiático passou a ter uma população de mais de 216 milhões de habitantes e desde 2018 ele subiu uma posição na lista dos países mais populosos do mundo, ultrapassando o Brasil. Desde 1950 a população paquistanesa aumentou em mais de 4 vezes em seu crescimento, mas houve uma redução nas taxas de nascimento nos últimos anos. Esse país tem uma das maiores populações de refugiados do mundo, assim como de jovens.

Islamabad – capital

Fotos de Carachi - Paquistão | Cidades em fotos

6º- Brasil – 211 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Brasil

O aumento no número da população do Brasil não cresceu tão rapidamente como em alguns países. Este fator se deve a uma cultura brasileira mais moderada em relação a natalidade no país. A população do Brasil possui mais de 211 milhões de habitantes e desde 2018 é o sexto dos países mais populosos do mundo, também é o quinto em extensão territorial e a maior concentração populacional está na região sudeste e nordeste. Apesar de São Paulo ser o estado brasileiro mais populoso, é o local aonde há a menor taxa de natalidade no país, sendo a maior no estado do Acre. As taxas de crescimento populacional brasileira têm diminuído cada vez mais, fato que levou o país a perder a posição 5 dos países mais populosos do globo.

Veja abaixo a evolução da população brasileira:

1950 –  53.974.725 habitantes
1960 –  72.775.883 habitantes
1970 –  96.060.361 habitantes
1980 – 121.740.438 habitantes
1990 – 149.648.341 habitantes
2000 – 174.504.898 habitantes
2010 – 195.210.154 habitantes                                                                                2017 – 207.195.000 habitantes

2020 – 211.984.170 (População brasileira às 09:34:31 de 31/8/2020)

A ONU estima que o Brasil venha a contar com 231.120.024 habitantes no ano de 2050.

Brasília – capital

7 lugares para trabalhar remotamente em Brasília | tutano

7º- Nigéria: 200 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Nigéria

O representante africano teve um elevado nível de crescimento em sua população devido a sua alta taxa de natalidade e melhorias nos serviços básicos de saúde. A Nigéria tem a terceira maior população de jovens do mundo. O Gigante da África como é referido muitas vezes, possui mais de 200 milhões de habitantes. A população nigeriana quadruplicou nas últimas 5 décadas, com um aumento mais significativo na década de 1980, quando houve uma grande diminuição nos índices de mortalidade infantil. Para evitar consequências negativas causadas pelo crescimento populacional, o governo estuda estratégias para um melhor controle populacional, tomando como base o modelo de alguns países que tiveram problemas por causa do crescimento e eles já oferecem a mais de 10 anos, métodos contraceptivos de graça.

Lagos – capital

8º- Bangladesh: 163 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Bangladesh

Bangladesh é pequeno em território mas grande em população. Foi preciso introduzir um controle de natalidade para que o país não sofresse ainda mais com o aumento populacional desenfreado, baixando de 7 filhos nas décadas de 1960 e 1970 para apenas 2,17 atualmente. Existem mais de 163 milhões de habitantes em Bangladesh e esse país, excluindo as cidades-estados e pequenos países com menos de 10 milhões de habitantes, tem a maior densidade populacional do mundo, que é o número de habitantes por quilômetro quadrado.

Daca – capital

Daca, Bangladesh. Guia e informações da cidade. Tudo o que você ...

9º- Rússia: 145 milhões


Top 10 países mais populosos do mundo - Rússia

Os números populacionais para a Rússia têm se mantido quase estáveis. Apesar de ser o maior país do mundo em território, isso não se reflete em população devido aos fatores de extremo frio na região norte do país, onde está localizado a Sibéria, sendo assim um dos países mais escassamente povoados do mundo. Os residentes russos somam mais de 145 milhões de habitantes e a maioria, cerca de 77%, vive na região da Rússia européia. Outras razões para a população russa não crescer tanto, é o alto índice de mortalidade entre os homens, causado principalmente pelo abuso de bebidas alcoólicas e pelos acidentes, além da baixíssima taxa de nascimentos.

Moscou – capital

Moscow, a City Undergoing Transformation | Planète Énergies

10º- México: 127 milhões


México
México

O mais novo integrante a ocupar a lista dos países mais populosos do mundo ultrapassou o Japão, que teve uma queda de 127,2 milhões de habitantes para 126,8 milhões. O México é o país de língua espanhola mais populoso do mundo e o segundo da América Latina depois do Brasil. Agora com uma população de mais de 127 milhões, ela começou a crescer rapidamente entre as décadas de 1930 e 1980, depois de um declínio de mais de 2 milhões de habitantes nas duas décadas anteriores a esse crescimento, causado pela Revolução Mexicana. A população dobrou nesse período, passando a ocupar a10ª maior população do Globo em 2018, posto ocupado pelo Japão. Para monitorar e combater esse crescimento desenfreado, o governo mexicano resolveu criar um órgão de regulação de crescimento demográfico, trazendo assim uma diminuição no crescimento da população no final do século XX.

Cidade do México – capital

Cidade do México ganha destaque em gestão ambiental - Planet Smart ...

DENSIDADE DEMOGRÁFICA MUNDIAL (Países mais Povoados do Mundo)

Mais de 500 hab./km2

Pos.

País    

População

Área (km²)

Densidade

1

Mónaco

35.352

2,02

16.261

2

 Singapura

5.469.700

716,1

7.540

3

 Hong Kong

7.184.000

1.104

6.544

4

Vaticano

839

0,44

1.907

5

 Malta

417.617

316

1.322

6

Maldivas

349.106

300

1.163

7

 Bahrein

688.345

665

1.035

8

 Bangladesh

144.319.628

144.000

1.002

9

 Barbados

279.254

431

647

10

Taiwan

22.894.384

35.980

636

11

Nauru

13.048

21

621

12

Maurício

1.230.562

2.040

603

 Densidade dos mais populosos

INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH) MUNDIAL

IDH 2014

IDH 2014-b

CONCEITOS DE DESLOCAMENTO POPULACIONAL

Imigração– Considera-se como imigração o movimento de entrada, com ânimo permanente ou temporário e com a intenção de trabalho ou residência, de pessoas ou populações, de um país para outro.

Emigração– A emigração é o ato de saída ou fenômeno espontâneo de deixar o seu local de residência para se estabelecer numa outra região ou nação.

MigraçãoÉ o ato de deslocamento (entrada-imigração, ou saída-emigração) de um indivíduo ou grupo de indivíduos, geralmente em busca de melhores condições de vida. Esse ato pode ocorrer entre países, dentro de um mesmo país, de um estado ou de uma região.

Migração Interna – Esse movimento pode ocorrer dentro de um mesmo país, estado ou município, ou seja,  é o ato em que as pessoas se deslocam dentro de um mesmo território.

Dentre as migrações internas temos os seguintes movimentos:

  • Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. As principais causas são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura.

  • Migração Urbano-Rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum.

  • Migração urbano-urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.

  • Migração sazonal: tipo de migração que se caracteriza por estar ligada às estações do ano. É uma migração temporária, onde o migrante sai de um determinado local, em determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano. É conhecida também de transumância. É o que acontece, por exemplo, com os sertanejos do Nordeste brasileiro.

  • Migração pendular: tipo de migração característico de grandes cidades e regiões metropolitanas, no qual centenas ou milhares de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa (em determinada cidade) em direção ao seu trabalho (que fica em outro município), retornando no final do dia.

  • Nomadismo: tipo de migração que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso encontra-se em extinção.

ARQUIVOS (clique no título para download):

Diversidade-Cultural-e-Multiculturalismo (PDF)

Slides Demografia (PDF)

Questões-Demografia-Prof.-Carlos (PDF)