Geomorfologia

É a ciência que estuda a gênese e a evolução das formas de relevo sobre a superfície da Terra, onde estas formas são resultantes dos processos atuais e pretéritos ocorridos nos litotipos existentes.

Os processos ou fatores que definem esta evolução podem ser exógenos ou modeladores (climas antigos e atuais, vegetação e solos) e endógenos ou formadores de relevo (tectônica e a geologia).

A geomorfologia pode ser dividida em:

Geomorfologia Continental (terrestre)

Geomorfologia Submarina

São considerados como conceitos básicos da geomorfologia:

1 – Forma

2 – Descrição

3 – Gênese

4 – Evolução

 Cobertura Vulcano-sedimentares Paleozóicas

                  Existem vários ramos da Geomorfologia, como podemos ver abaixo:

  • Geomorfologia Física: analisa os processos físicos e mecânicos que modelam o relevo.

  • Geomorfologia Ambiental: enfoca toda a Biota (conjunto de seres vivos em todo o ambiente); descreve regionalmente o relacionamento do relevo com as variáveis ambientais (comunidades biológicas).

  • Geomorfologia Climática: descreve regionalmente o relacionamento do relevo com as variáveis climáticas.

  • Geomorfologia Estrutural: descreve o relação entre o relevo e a composição geológica.

  • Geomorfologia Costeira: analisa a superfície da região litorânea.

  • Geomorfologia Fluvial: analisa o relacionamento e atuação dos rios nas formas de relevo das áreas adjacentes a eles.

  • Geomorfologia Quantitativa: exprime os fatores e/ou variações do relevo matematicamente.

                    Contudo, podemos ter dois tipos de estudos principais no que diz respeito à Geomorfologia:

  • A Geomorfologia Regional: analisa a disposição das grandes formas de relevo numa determinada região, buscando compreender sobretudo a história evolutiva da compartimentação geomorfológica.

  • A Geomorfologia Aplicada: visa a aplicação dos conhecimentos para a solução dos problemas econômicos ligados ao relevo.

BAIXE O ARQUIVO ABAIXO:

Rochas_e_Solos.ppt