Demografia

Entender a configuração de uma população é algo necessário em virtude de diversos aspectos, por isso para realizar estudos sobre esse tema é preciso considerar conceitos demográficos que servem para observar as carências em determinados seguimentos sociais. Desse modo a população pode ser: ABSOLUTA, que corresponde ao número total de habitantes de um determinado lugar (município, estado, país, continente); ou RELATIVA, que é a própria DENSIDADE DEMOGRÁFICA, ou seja, o resultado do total de habitantes dividido pela área territorial.

Exemplo: O Japão possui uma área de 372.812 km e uma população de 127,9 milhões de habitantes.

D= nº de habitantes ÷ área
D= 127,9 milhões de habitantes ÷ 372.812 km2

D= 341 habitantes por quilômetro quadrado (km2).

Países com elevado número de população absoluta são considerados POPULOSOS, no entanto, se analisarmos o número de habitantes por quilômetro quadrado e se esse resultar em números baixos, o país é denominado de restritamente ou intensamente POVOADO.

Outro fator analisado no estudo da população é quanto às taxas de natalidade ou percentual de nascimentos.

A Taxa de natalidade é calculada através da divisão entre o número de nascidos vivos pelo número da população absoluta ou total.

Taxa de natalidade = número de nascidos vivos ÷ população absoluta

A Taxa de mortalidade é o resultado da divisão entre o número de óbitos e a população absoluta.

Taxa de mortalidade = número de óbitos ÷ população absoluta

Taxa de fecundidade – corresponde às estimativas em relação ao número de filhos que uma mulher pode ter ao longo do período de fertilidade, entre as idades de 15 e 49 anos. Esse processo é interessante para saber a quantidade de filhos ou média do mesmo para cada mulher.

Crescimento populacional – representa o crescimento vegetativo que é calculado a partir da subtração entre o número de nascidos em um ano pelo número de óbitos no mesmo período. Desse modo, se uma cidade possui 1.000 habitantes e em um ano houver 30 nascimentos e 13 falecimentos, o cálculo é feito da seguinte forma:

Crescimento vegetativo = 30 nascidos (-) 13 mortos
Crescimento vegetativo= 17

A partir desse resultado fica claro que houve crescimento, pois esse foi positivo.

O crescimento populacional não se baseia somente no número de nascimentos e de falecimentos, é preciso levar em consideração a taxa de migração, pois há um grande fluxo migratório (pessoas saem do país enquanto outras entram), essa variação corresponde à taxa citada a cima, ou seja, a diferença entre imigrantes e emigrantes.

 

Os 10 países mais populosos do mundo em 2015:

CHINA – 1.401.586.609 habitantes em 2015.

Shangai_China

Pequin (capital)

Localizada na Ásia, a China possui a maior população dentre todos os países do mundo, apresentando a cifra bilionária de 1.401.586.609 habitantes (2015). Apresentava em 2010, 1.359.821.465, em 2014 1.393.783.836. Portanto o país apresenta um crescimento populacional contínuo, apesar das medidas de controle de natalidade promovidas pelo governo chinês, que limitam o número de filhos em 1 por casal na área urbana e dois na área rural, no entanto segundo estimativas da ONU a população chinesa deverá crescer até 2031 e a partir daí deverá reduzir, chegando em 2050 com 1.384.976.976 habitantes, menor que a atual.

 

ÍNDIA – 1.282.390.303 habitantes em 2015.

Delhi (capital)

Também com uma população bilionária, a Índia se destaca com a segunda maior população do mundo, apresentado em 1.282.390.303 habitantes (2015). Em 2010, a população era de 1.205.624.648 habitantes e há estimativas de que chegue a 1.620.050.849 habitantes em 2050, se tornando bem superior a população chinesa.

 

ESTADOS UNIDOS – 325.127.634 habitantes em 2015.

Estados_Unidos_Manhattan

New York (principal cidade)

Na terceira colocação e com uma população bem menor que China e Índia, encontramos os Estados Unidos, que em 2015 apresenta uma população de 325.127.634 habitantes. O país possui uma população que esta em constante crescimento, o que se deve principalmente a boaqualidade de vida e ao elevado número de imigrantes que adentra suas fronteiras. Em 2010, osEUA apresentava 312.247.116 habitantes, devendo chegar em 2050 com 400.853.042 habitantes.

 

INDONÉSIA 255.708.785 habitantes em 2015.

Jacarta_Indonesia

Jakarta (capital)

Ocupando  a quarta colocação encontramos a Indonésia, que em 2015 apresenta uma população de 255.708.785 habitantes, uma quantidade superior a de 2010, quando tinha 240.676.485 habitantes. A ONU estima que a população do país chegue a 321.377.092 habitantes em 2050.

 

BRASIL 203.657.210 habitantes em 2015.

Sao_Paulo

São Paulo (principal cidade)

O Brasil ocupa a quinta colocação dentre os países mais populosos do mundo. Segundo a ONU, em 2015 sua população chegou a 203.657.210 habitantes. Veja abaixo a evolução da população brasileira:

1950 –  53.974.725 habitantes
1960 –  72.775.883 habitantes
1970 –  96.060.361 habitantes
1980 – 121.740.438 habitantes
1990 – 149.648.341 habitantes
2000 – 174.504.898 habitantes
2010 – 195.210.154 habitantes                                                                                                                                                               2017 – 207.195.000 habitantes

A ONU estima que o Brasil venha a contar com 231.120.024 habitantes no ano de 2050.

 

PAQUISTÃO 188.144.004 habitantes em 2015.

Karachi_Paquistao

Karachi (capital)

Em lugar está o Paquistão, tendo em 2015 188.144.004 habitantes. O país apresentou em 2010 o número de 173.149.306, podendo chegar em 2050 com 271.081.825.

 

NIGÉRIA 183.523.432 habitantes em 2015.

Lagos_Nigeria

Lagos (capital)

A Nigéria é o único país do continente africano presente nesta lista. Apresenta uma população de 183.523.432 habitantes, fato que lhe confere a sétima posição dentre os mais populosos do mundo. O país, em 2010, tinha 159.707.780 habitantes. Comparando a população de 2010 com a de 2015 nota-se um incrível crescimento populacional de quase 24 milhões de pessoas. Devido a este acelerado crescimento, estima-se que em 2050 o país atinja a população de 440.355.062 pessoas.

 

BANGLADESH 160.411.249 habitantes em 2015.

Daca_Bangladesh

Daca (capital)

Assim como ocorre em outros países menos desenvolvidos, Bangladesh vê sua população crescer rapidamente, chegando a 160.411.249 habitantes. Apresentava em 2010, 151.125.475 pessoas e estima-se em 2050 chegue a 201.947.716 pessoas.

 

RÚSSIA 142.098.141 habitantes em 2015.

Moscou_Russia

Moscow (capital)

Chegamos a nona colocação, onde encontramos a Rússia com 142.098.141 habitantes e uma situação inversa aos oito primeiros da lista. Ao contrário dos países que vimos até o momento, a população russa está diminuindo, sendo que em 2010 era de 143.617.913 – superior a atual. Em 2050 deverá reduzir-se a 120.896.083 habitantes segundo estimativas da ONU.

 

10° JAPÃO 126.818.019 habitantes em 2015.

Toquio_Japao

Tokio (capital)

A exemplo do que ocorre com a Rússia, o Japão também vê sua população reduzir. Atualmente (2015) o país nipônico tem uma população de 126.818.019 pessoas, no entanto este número era de 127.352.833 em 2010. Seguindo este ritmo em 2050 deverá contar com 108.329.351 habitantes, quantidade bem menor que a atual.

 

DENSIDADE DEMOGRÁFICA MUNDIAL (Países mais Povoados do Mundo)

Mais de 500 hab./km2

Pos.

País    

População

Área (km²)

Densidade

1

Mónaco

35.352

2,02

16.261

2

 Singapura

5.469.700

716,1

7.540

3

 Hong Kong

7.184.000

1.104

6.544

4

Vaticano

839

0,44

1.907

5

 Malta

417.617

316

1.322

6

Maldivas

349.106

300

1.163

7

 Bahrein

688.345

665

1.035

8

 Bangladesh

144.319.628

144.000

1.002

9

 Barbados

279.254

431

647

10

Taiwan

22.894.384

35.980

636

11

Nauru

13.048

21

621

12

Maurício

1.230.562

2.040

603

 Densidade dos mais populosos

INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH) MUNDIAL

IDH 2014

IDH 2014-b

CONCEITOS DE DESLOCAMENTO POPULACIONAL

 

Imigração– Considera-se como imigração o movimento de entrada, com ânimo permanente ou temporário e com a intenção de trabalho ou residência, de pessoas ou populações, de um país para outro.

 

Emigração– A emigração é o ato de saída ou fenômeno espontâneo de deixar o seu local de residência para se estabelecer numa outra região ou nação.

 

MigraçãoÉ o ato de deslocamento (entrada-imigração, ou saída-emigração) de um indivíduo ou grupo de indivíduos, geralmente em busca de melhores condições de vida. Esse ato pode ocorrer entre países, dentro de um mesmo país, de um estado ou de uma região.

Migração Interna – Esse movimento pode ocorrer dentro de um mesmo país, estado ou município, ou seja,  é o ato em que as pessoas se deslocam dentro de um mesmo território.

Dentre as migrações internas temos os seguintes movimentos:

  • Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. As principais causas são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura.

  • Migração Urbano-Rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum.

  • Migração urbano-urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.

  • Migração sazonal: tipo de migração que se caracteriza por estar ligada às estações do ano. É uma migração temporária, onde o migrante sai de um determinado local, em determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano. É conhecida também de transumância. É o que acontece, por exemplo, com os sertanejos do Nordeste brasileiro.

  • Migração pendular: tipo de migração característico de grandes cidades e regiões metropolitanas, no qual centenas ou milhares de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa (em determinada cidade) em direção ao seu trabalho (que fica em outro município), retornando no final do dia.

  • Nomadismo: tipo de migração que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso encontra-se em extinção.

 

ARQUIVOS (clique no título para download):

 

Diversidade-Cultural-e-Multiculturalismo (PDF)

Diversidade-Cultural-e-Multiculturalismo (PPT)

Slides Demografia (PPT)

Slides Demografia (PDF)

Questões-Demografia-Prof.-Carlos (PDF)

Questões Demografia Prof. Carlos (DOC)